Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A 3ª face

Ter | 08.08.17

Conhece o seu perfil financeiro?

wallet-2292428_960_720.jpg

 

 

Gastamos, poupamos, esbanjamos, aforramos... afinal, qual é a nossa relação com o dinheiro? Conhecemos o nosso comportamento quando o assunto são €€€€?

Em que perfil encaixamos melhor?

 

O POUPADOR:

  • Sabe que é importante poupar
  • Corta facilmente nos gastos
  •  A sua necessidade de segurança pode chocar os outros
  • É disciplinado e tem boa capacidade de poupança
  • Tem um perfil de consumo básico
  • É conservador em relação a novas experiências 

 

O GASTADOR:

  •  Vive o presente como se não existisse futuro
  • Gasta tudo o que tem, não poupa
  • Adora ostentar bens materiais 
  • Vê os créditos como um meio para atingir satisfação imediata
  • Tem dificuldade em definir rotinas de aforro
  • Tem muitos passatempos, nos quais gasta muito dinheiro
  • Está sempre aberto a novas experiências, mesmo que isso implique gastar muito dinheiro
  • Não tem poupanças, pelo que está, do ponto de vista financeiro, totalmente dependente do emprego

 

O DESCONTROLADO:

  • Não sabe quanto e onde gasta o dinheiro
  • Corta nos gastos, mas nunca o suficiente
  • É desorganizado na gestão do dinheiro
  • Dá mais importância aos bens não materiais
  • É indisciplinado por natureza
  • Tem propensão para gerar conflitos

 

O DESLIGADO:

  • Poupa, mas não sabe quanto nem para quê
  • Só poupa quando sobra dinheiro depois de pagar as despesas
  • Aumenta os gastos sempre que o rendimento aumenta
  • Fica sempre surpreendido com as prestações dos créditos, porque não presta atenção às condições na hora de contratar um empréstimo
  • Não pensa no longo prazo
  • Tem pouca capacidade para estipular planos e definir objectivos

 

O FINANCEIRO:

  • É rigoroso no controlo dos gastos
  • Elabora orçamentos, faz listas, estuda a evolução do seu comportamento
  • Possui elevado conhecimento e interesse pelas soluções de gestão, poupança e investimento
  • Traça planos e coloca-os em acção com facilidade
  • É muito minucioso (talvez em demasia)

 

 Como sempre, no meio é que encontro a virtude e cá p'ra mim:

 - ser poupadinho sem ser forreta;
- ser gastador q.b. para não ter uma vida de miserável;
- ter alguns dias descontrolados quando o orçamento está controlado;
- desligar por um período, quando já atestámos o mealheiro para as férias ou para uma aventura;
- não ser demasiado financeiro a ponto de esquecer que a vida também é para viver:
 
SOA-ME MUITO BEM!
 
Fonte: Deco Proteste, "O meu dinheiro"