Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A 3ª face

Qui | 31.08.17

Por falar em poupança... ontem fomos comprar sapatos

shoe-2439003_960_720.jpg

O meu filho tem verdadeira aversão a fazer compras. De tal forma, que tem um único par de sapatos porque se recusa a comprar novos, seja em lojas físicas ou mesmo on-line.

Pior. Joga numa equipa de futebol e, na época passada, as únicas chuteiras que tinha (mais uma vez, porque se recusou a ir comprar novas) tiveram que ser coladas diversas vezes e já andava com o dedo grande do pé quase de fora. Ora, conforme eu vaticinava há mais de um mês, no último jogo da temporada, uma chuteira descolou-se completamente à frente, a tal ponto que ele deixou de conseguir jogar. Só não o fui buscar pela orelha dentro do relvado porque estava lá a GNR e ainda era sinalizado à CPCJ!

Atendendo a que a escola e o futebol estão prestes a começar, ontem foi obrigado (literalmente) a ir a um centro comercial comprar um par de sapatos e umas chuteiras. Podem imaginar o mau humor. Ainda por cima,  não conseguimos encontrar o número de pé  das chuteiras que gostou (do Neymar, marca Nike,acima dos 80 €!). 

Quanto às sapatilhas para o dia a dia, apenas gostou de 2 modelos da DC (umas de 45 € e outras de 89 €), cujo tamanho também não estava disponível.

(Sim, eu sei que os preços são um exagero mas o desespero é inimigo da poupança.)

Entre mudarmo-nos para outro centro comercial, onde iríamos ser expulsos por um qualquer segurança por altercações familiares, eu e o meu marido tomámos a sensata decisão de vir para casa pesquisar on-line o calçado que ele escolheu (afinal, já sabíamos o número exacto a encomendar).

E, após uma rápida consulta, comprámos as ditas Nike Neymar por 45,59 € e as DC por 38,17 €, ou seja, 2 pares pelo preço de 1(Yeaaaaah)! 

Onde? Na Sports Direct, onde já tenho encontrado verdadeiros achados . Não percebo como é que as mesmas chuteiras, que no site oficial da Nike custam 110,00 €, aqui se compram por menos de metade do preço, mas também não vou agora pensar nisso.

Obrigada filho, às vezes compensa seres tão esquisito nas compras.