Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A 3ª face

Sex | 01.06.18

Gente grande, Feliz Dia da Criança!

 

796e1e94c7475846d87ca3a9c0f263f1.jpg

 

Há umas páginas atrás, eu era uma miúda rechonchuda que brincava na rua com os amigos, até as vozes das mães se fazerem ouvir, ditando a hora de regressar. 

Num porta a porta incessante, íamos juntando os colegas no itinerário para a escola.

Brincava com as panelinhas e o precioso conjunto de porcelana para o chá, no poial da porta.

Aos 7 anos, vesti a farda da banda filarmónica aqui da terra, o meu primeiro grande acto de responsabilidade.

 

Neste livro que é a vida, ainda não percebi como as folhas saltaram.

Talvez seja o vento que as empurra de mansinho, na brisa do entardecer de cada dia.

Eu ainda me sinto aquela menina feliz.

O meu sorriso sincero continua igual ao das fotografias debotadas.

A minha insegurança é a mesma de quem está prestes a entender o mundo.

E a minha vontade de aprender não é muito diferente do primeiro dia em que me sentei na carteira de madeira da escola, com a bata branca imaculada...

 

Mas no mundo sério dos crescidos com grandes responsabilidades; do stress de ser o melhor; de alcançar o sucesso; de pagar o carro e a casa...há sempre um cantinho secreto onde voltamos a ser crianças, onde brincamos sem preocupações e saímos a saltitar, despidos da carapaça da difícil  missão de ser adulto.

Eu tenho um sótão onde brinco com agulhas, linhas, retalhos, botões, alfinetes...e tenho este blog onde solto pensamentos e os transformo em palavras.

E vocês, onde libertam a criança que ainda aí sobrevive?

 

Pág. 6/6