Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A 3ª face

Sex | 09.08.19

A greve dos motoristas e como me sinto feliz

IMG_20190808_210327.jpg

 

A greve dos motoristas de matérias perigosas está agendada para dia 12, por tempo indeterminado.

Depois do caos de Abril, Agosto anuncia-se bem pior.

Teme-se a falta de combustíveis e a escassez de bens essenciais. A verdade é  que se a greve se prolongar, o abastecimento dos supermercados é posto em causa. E em pânico, as pessoas começam a açambarcar tudo o que podem, mesmo que depois os alimentos se estraguem no frigorífico ou na despensa.

Mas o instinto de sobrevivência assim o exige.

 

E eu? 

Eu dei por mim a fazer um balanço (como todos os portugueses, presumo) para evitar ser afectada.

 

E a verdade é esta:

 

- levo o mesmo tempo a fazer o percurso para o trabalho de carro ou a pé, pelo que posso deixar o automóvel um mês paradinho;

 

- tenho os supermercados a menos de 1 km de casa e há uns tempos, ganhei um carrinho de compras com rodinhas, que nunca usei. Esta seria uma boa oportunidade de o levar a passear;

 

- tenho uma padaria a 300 m de casa. Presumo que tenham farinha  e lenha suficiente para as próximas semanas, e acredito que irei continuar a comer pão quentinho todos os dias;

 

- a horta está a dar melões, melancias, uvas e figos e não há-de faltar fruta;

 

- e feijão verde e tomate, pepinos, pimentos e tantas outras verduras que os meus pais tão carinhosamente tratam;

 

- tenho dezenas de litros de azeite, das últimas colheitas. E onde há pão, azeite e coentros, há uma boa açorda;

 

- a arca está cheia de feijão e de alguma carne;

 

- as galinhas e as patas vão-nos dando ovos proteicos, e não será necessário sacrificá-las para matar a fome.

 

- Ah, e o ginásio? 

Bem eu tenho um ginásio em casa e hoje fiz os alongamentos finais no terraço, a espreitar o por-do-sol;

IMG_20190808_202322.jpg

 

- (In)felizmente, não saí de férias e a questão da viagem também não me preocupa.

 

É nestas alturas que sinto que sim!

Que fiz a escolha certa em ter ficado na minha terra, ao sabor das horas compridas do Alentejo, em vez de ter escolhido uma grande cidade.

Nem tudo é bom.

Pois não.

Mas em situações de crise, aqui sentir-me-ei muito mais segura e tranquila. Mesmo sem combustível!

 

Ah, e a foto lá de cima?

Encontrei no Facebook de um familiar. Alguém fotografou, ontem, um senhor  precavido, que em vez de atestar o depósito, atestou a carrinha por inteiro!

 

Apesar disto, não me entendam mal. Espero sinceramente que se consiga um entendimento para evitar o caos nacional!

 

(Porra, lembrei-me agora que preciso de reservas de café!!!)

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.