Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A 3ª face

Dom | 14.01.18

A propósito da fraude dos cartões presentes do Lidl: alguns cuidados que tenho

lidl.png

 

Apesar do grande alarido na comunicação social, a falsa campanha dos cartões-presente do Lidl não é nenhuma novidade.

Quem tem a tara dos passatempos (como eu), sabe que, com muita frequência, surgem falsos passatempos, campanhas e ofertas, pelo que devemos estar sempre atentos. Como já percebemos com outros assuntos, nem tudo o que aparece nas redes sociais é verdadeiro!

Antes de preenchermos formulários ou partilhar post’s, em modo automático, é sempre melhor pedir a intervenção dos nossos neurónios para perceber se há rasteira. Tão lógico como perguntar “quem é?” ou espreitar o visor, quando nos tocam à campainha.

Da minha experiência, não é difícil detectar um passatempo ou campanha falsos. Basta ter os seguintes cuidados:

  •  verificar se o endereço da página ou e-mail onde é publicado o passatempo é oficial. Por exemplo, no caso do Lidl, o site é www.lidl.pt. Se a página do passatempo é: www.lidl.pt.pt ou www.lidl.passatempo.pt... Alerta vermelho! Algo está errado.
  •  No Facebook, devemos sempre abrir a página onde é lançado o passatempo. Se for uma página recente, com poucas publicações e poucos gostos, acham mesmo que é verdadeira? Todas as marcas utilizam as redes sociais há anos e têm centenas ou milhares de seguidores! Alerta vermelho! É fraude descarada.
  • Pesquisem nos motores de busca as páginas oficiais das marcas. Todas as campanhas e passatempos são bem divulgados. Se não constam em publicações oficiaisalerta vermelho! Mais uma forma de fraude.
  • Receberam uma mensagem via WhatsApp ou um e-mail e, sabe-se lá por graça de quem, venceram qualquer coisa? Alerta vermelho! Sigam os passos acima sugeridos antes de responder ou reencaminhar para os vossos amigos.
  • Têm dúvidas? Enviem um e-mail ou mensagem privada para a marca ou página oficial da marca (aquela que têm muitos fãs e muitas publicações!!!) com a vossa dúvida. Pela minha experiência, são sempre rápidos a responder.

Normalmente, estas fraudes servem para obter contactos para fins publicitários. Quem ainda não recebeu uma chamada telefónica personalizada para aderir a um seguro de saúde ou um cartãozinho de crédito??? Mas pode sempre ser coisa pior.

Acrescento ainda, que existem outros passatempos legais e verdadeiros (acho eu) que visam caçar contactos. Não estão associados a marcas e, geralmente, têm prémios valiosos (carros, cartões-presente de mil euros, Bimbys, viagens). São promovidos por agências publicitárias (basta googlar o endereço eletrónico) e têm um formulário para preenchermos todos os dados pessoais antes de podermos participar.

Se concorrerem, aguardem um telefonema nos dias seguintes, para apresentar as magníficas condições de um cartão de crédito ou de um seguro de saúde …

 

Já nos basta as empresas venderem, umas às outras, os contactos dos clientes para fins comerciais. A mim, já me aconteceu receber um telefonema de uma operadora de tv por cabo em que sei, indubitavelmente, que o contacto foi cedido pela EDP (quando associei o meu número de telemóvel ao contrato de fornecimento de energia de um idoso amigo, para o ajudar)!

 

(Se o assunto de passatempos vos interessa, podem rever os meus mandamentos dos passatempos aqui)

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.