Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A 3ª face

Sab | 18.07.20

As sobras do sabão

 

20200718_143014.jpg

 

Hoje, foi dia de arrumar o sabão que produzi.

Não é novidade aqui no blog.

Já partilhei  a minha paixão pela saboaria e pela produção de produtos naturais.

O que não revelei, é que andava a adiar a arrumação do sabão, que ainda estava espalhado pelas prateleiras da cura.

 

20200718_143116.jpg

 

Como sabem, nesta casa tudo se aproveita.

Por isso, as aparas e as sobras do sabão que ficam agarradas ao papel vegetal não se desperdiçam.

Retiro-as cuidadosamente do papel (o que não é difícil), guardo-as numa caixa e vou enchendo um pequeno saco de algodão,  o qual uso no banho.

O saco "vira" esponja ensaboada e só preciso de ter o cuidado de o espremer no final do banho e pendurar, para que seque (e evite a eventual reprodução de bactérias).

 

Acho que não necessito de explicar a suavidade de um sabão natural a deslizar na nossa pele... nem a envolvência dos aromas dos óleos essenciais...

E o sabão dura até à última bolhinha de espuma! 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.