Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A 3ª face

Ter | 07.08.18

Caderneta de praia #2: Os cromos chegaram à praia

92de2e5b2edfdd80a1b6f4bca12e7dfa.jpg

(mi perrdoem o abrasileirado da imagem, tá?)

 

Advertências:

Se esperam imagens de cocktails, espreguiçadeiras e must-haves de marca, cliquem para o blog ao lado.

Se aguardam por indicações de restaurantes e ementas geniais, sigam para o blog da frente.

Se têm esperança de me ver em bikini, retrocedam para o blog de trás.

Se têm tempo para desperdiçar com umas parvoíces de alguém que conseguiu umas férias de sonho onde não se passou nada  in e não apunhalou a conta bancária, caíram no buraco certo.

Mas não continuem sem conhecer os cromos destas férias (aqui).

 

O local

 

O meu sonho, desde que me lembro, era viver numa casa isolada, em cima de uma escarpa, junto ao mar.

Daquelas dos filmes, em que se adormece a ouvir as ondas e se acorda com o vento a soprar no areal.

Poderia ser assim, num sítio como este:

P7292246.JPG

 em que se acorda, dá-se meia dúzia de passos e tem-se esta vista.

Ou esta:

P7292238.JPG

Acreditam que há sonhos que se realizam, nem que se desfaçam ao fim de uma semana?

Eu acredito.

Fui parar à Srª da Rocha, com uma das paisagens mais impressionantes da costa algarvia. Mesmo ali ao lado de Armação de Pera mas sem a multidão e o buliço dessa vila.

Da minha casa eu via o mar, a capela e o pequeno cabo que foi poupado do desmoronamento durante o terramoto de 1755.

 

P7292226.JPG

De tal forma perto e tranquilo que nos deslocávamos a pé.

Sem o stress de um cromo ainda não estar despachado e outro não querer ir.

E outro querer regressar a casa quando a maioria preferia ficar na praia.

Não houve conflitos familiares, gritarias e birras.

"Vai andando", "fica", "já vou"...era o que se ouvia nesta família. Oh santa tranquilidade! Há quanto tempo eu não tinha umas férias sem este tipo de stress.

O filho morcego pôde ficar descansado em casa. Até fiz o favor de lhe ir levar uma bolacha americana e voltar para mais um mergulho.

Ninguém se preocupou com o lugar para estacionar o carro. Bastaram os chinelos para trilhar o caminho.

Sim, eu acredito em sonhos que se realizam!

 

A praia

P7292258.JPG

 Bem-vindos ao meu paraíso da água de mil cores: a Praia Nova.

Está ligada à praia da Srª da Rocha por uma passagem secreta escavada na rocha mas para nós ficava mais perto descer e subir os 81 degraus esculpidos na falésia, que vieram tornar esta praia acessível a quase todos. Sim, as oito dezenas de degraus são penosas mas podem ser encaradas como um ginásio ao ar livre.

 

 IMG_20180806_233702.jpg

 

 As rochas e as diferenças de profundidade fazem da praia, quando vista de cima, uma aguarela de vários tons cristalinos. Linda!

As infra-estruturas de apoio e as diversões aquáticas estão na praia ao lado. Apenas chegam ali as bolinhas de Berlim.

Que chatice...

Aqui, reina a calma e o espaço suficiente para estendermos a toalha e deixarmos o chapéu-de-sol espetado enquanto vamos almoçar.

E, desde que me lembro de ser gente, consegui ir para a praia sem saco.

Que prazer levar a toalha debaixo do braço (e deixá-la lá enquanto ia almoçar), um livro e uma pequena bolsa apenas com o essencial!

 

 P7292244.JPG

Espero que compreendam os motivos para não ter mudado de praia.

Namorei-a e fui fiel.

 

Mas nem só de praia se faz uma caderneta.

Amanhã conto como os crominhos viveram durante uma semana.

E sem se matarem uns aos outros...

 

 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    A 3ª face 08.08.2018

    É mesmo ao lado de Armação. Podes lá chegar em 5 minutos.
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.