Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A 3ª face

Qui | 09.08.18

Caderneta de praia #4: à descoberta do Algarve dos 3 M's

Maravilha

Mistério

Medo

 

Foi o que senti ao descobrir o Algar Seco, no Carvoeiro.

Ali escondido, está uma verdadeira maravilha da Natureza, assustadoramente bela e intrigante.

P8012344.JPG

(Ai que eu caio!)

 

O Algar Seco é um complexo de rochas calcárias, cavernas e piscinas naturais que a erosão esculpiu misteriosamente nestas arribas.

Após descer uma escadaria talhada na escarpa, vislumbro uma piscina natural , ladeada por um rendilhado que a força do vento e do mar ali traçou.

A pequena lagoa é de um verde brilhante e transparente, que nos deixa ver as rochas do fundo. Apesar da água gelada (eu nem me atrevi a experimentar) é possível tomar ali banho, ao som das ondas e do vento que entra pelas galerias e  sopra de baixo para cima.

P8012322.JPG

Contornando a pequena lagoa e atravessando um pequeno desfiladeiro, deparamo-nos com uma vista surpreendente da costa. 

Pedra, mar e aves. Ali, o resto do mundo fica esquecido, lá para trás.

 

P8012509.JPG

 

Medo, disse eu.

Sim. O local é perigoso e assustador. Quando lá forem (a visita é obrigatória) levem ténis, não vá o pezinho escorregar.

Calabouço de demónios e monstros do mar, asseguro-vos eu, que até consegui ver o Adamastor aprisionado no meio das rochas!

InkedP8012333_LI.jpg

 

O outro ponto obrigatório é a Boneca.

Passem pelo restaurante e sigam a indicação da parede.

Não tinha percebido por que raio o lugar se chamava boneca até ver a sua morfologia.

Cá por fora, a boneca mete medo: é gorda, feia e come barcos!

Mas por dentro, esconde uma pequena maravilha!

P8012502.JPG

 

Entrem no túnel e preparem-se para mais uma surpresa.

As duas janelas abertas na rocha oferecem-vos uma paisagem indescritível! 

Seria o sítio mais romântico do Algarve, não fosse o entre e sai constante de turistas que nos estragam o momento!

(Acho que ainda não vos disse que os filhos cromos e a sogra ficaram em casa, pois não? Uns porque não quiseram ir e outra porque não conseguiria trepar tanta rocha.)

 

P8012460.JPG

 

 P8012494.JPG

 

Continuei pelo passadiço que liga o Algar Seco ao Carvoeiro.

Uns metros à frente, outra escadaria convida-nos a descobrir mais um mistério.

Desta vez, sinto-me transportada para a paisagem de Marte!

Subo e desço rochas e túneis que as águas e  o vento comem há 24 milhões de anos.

P8012623.JPG

  

Para onde olho, vejo conchas fossilizadas, onde as aves vêm pousar.

Dali, vejo as arribas até ao Carvoeiro. E o Sol que já se despede.

P8012610.JPG

 

Há mais fotografias no Facebook do blog.

Espreitem.

Mas, se ainda não conhecem, na vossa próxima visita ao Algarve, vão até lá.

Vão gostar tanto como eu!

 

 

 

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.