Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A 3ª face

Qui | 08.11.18

Como eu poupo...nos presentes de Natal

prese.png

 

Está a chegar aquela altura em que poupar se torna mais urgente...e mais difícil!

O Natal, cada vez mais associado ao consumismo, derrota todos os esforço de controlo orçamental.

E eu sei do que falo.

Tenho uma lista muito extensa de presentes para oferecer no Natal.

E quem fala no Natal, fala nos aniversários, distribuídos de forma muito desequilibrada ao longo do ano.

O mês em que tenho mais familiares a festejar o aniversário é... nada mais nada menos... que Janeiro. Aquele período em que a conta bancária deveria estar a recuperar.

Nos últimos anos, vi-me obrigada a conter o orçamento de prendas: os cortes impostos pela crise e a ida da minha filha para Lisboa foram a alavanca. 

 

E implementei algumas medidas de poupança, que aqui partilho.

Estas são as minhas, que se aplicam à minha realidade.

Haverá muitas outras que vocês têm e que eu muito gostaria que publicassem nos comentários. Era engraçado compilar as vossas boas práticas num próximo post. Fica o desafio no ar

 

  • Fazer a lista

tabela.png

 

Eu sei que parece básico mas a preguiça às vezes faz adiar esta tarefa.

Alegamos que está feita mentalmente…e na hora das compras baralhamo-nos, esquecemo-nos de metade das pessoas, das prendas que queremos, compramos por excesso… e é o descontrolo!

Por isso, com a antecedência possível, faço a lista (convenhamos que a 1ª é que dá trabalho, nos anos seguintes é só actualizar), defino orçamentos para cada pessoa, escrevo sugestões. 

Depois da prenda definitiva, anoto-a na última coluna para não correr o risco de a repetir no ano seguinte.

 

  • Fazer com as minhas mãos

A maior parte dos presentes são feitos por mim.

Se conheço bem o gosto da pessoa a quem o vou oferecer, é sucesso garantido, a custo muito baixo.

Ah, mas eu não sei fazer nada, tenho duas mãos esquerdas!

Já vos estou a ouvir.

Mas é mentira! Todos sabemos fazer qualquer coisa: costura, pintura, bolos, licores, bijuteria.

A internet está cheia de tutoriais.

Nem que seja um colar, conjugando apenas um fio e uma medalha comprados numa loja de especialidade (ou do chinês).

 

  • Comparar preços

Em várias ocasiões, tenho alertado para a importância de um comparador de preços, como o Kuanto Kusta, por exemplo.

Os preços oscilam muito, acreditem.  E eu já tenho poupado dezenas de euros numa única compra.

 

  • Estar atento às promoções e folhetos.

Por exemplo, no fim-de-semana passado, os brinquedos estiveram com desconto de 50% no Continente.

A Springfield está com desconto de 40% em tudo…

O importante é ter a lista feita no início de Novembro!

 

  • Comprar on line pode ser uma opção a considerar.

Compra-se com tranquilidade e há sites de desconto onde se fazem grandes poupanças. Como os perfumes, por exemplo.

"Perder" tempo a pesquisar pode mesmo compensar.

 

  • Comprar depois do Natal

Se sei que só vou oferecer as prendas depois do dia, porque não comprar depois? Regra geral, dois dias após o Natal já está tudo com desconto!

E estes saldos também são uma boa oportunidade para comprar prendas para o Natal seguinte. Desde que não seja algo que corra o risco de não servir ou de se estragar, como é óbvio. Há promoções de 70% ou mais por esta altura, que devemos rentabilizar (eu tenho uma caixa cheia desde o ano passado!)

 

  • Passatempos

Há marcas que costumam lançar passatempos em que oferecem descontos, nesta época. É o caso do Boticário. Nos últimos anos tenho conseguido produtos grátis e com grandes descontos.

E como é das lojas que mais gosto, ainda fico mais feliz.

Mas há outras. Estou a lembrar-me da L'Occitane en Provence, por exemplo.

(Fiquem atentos aos meus posts sobre passatempos)

 

Sabem que concorro a muitos. Há prémios que guardo para oferecer no Natal. No ano passado, ofereci duas Instax a custo zero.

Não custa nada concorrer, nem que seja aos sorteios aleatórios. Quem sabe, a sorte não bate à porta.

 

  • Fotogafias

Uma prenda barata que faz os familiares felizes. Basta Imprimir uma foto e comprar uma moldura catita (e barata).

E depois observar a felicidade na cara das mães, avós, tias!

Não tem de ser uma foto actual. Uma boa sugestão é recuperar uma foto de família antiga e oferecê-la.

 

  • E lembrem-se das feiras e mercadinhos de artesanato de Natal.

É lá que encontrarão presentes únicos e muito em conta.

E ainda podem encomendar algum miminho personalizado.

(a maioria dos artesão não sabe ganhar dinheiro, garanto-vos eu, que sei do que falo)

 

  •  Segunda mão

E por acaso não há nada lá por casa que nunca tenha sido usado e que possa ser oferecido? Um brinquedo ainda dentro da caixa, uma roupa com etiqueta, um perfume por usar, um livro...

E que tal procurar um presente específico no OLX ou no Custo Justo?

Muitas vezes, encontra-se exactamente o que se procura, ainda com etiqueta ou dentro da garantia.

Não há nada de mal nisso. Aliás, é uma forma de evitar o desperdício e preservar o Ambiente.

 

  • E por falar em ambiente e consumismo, temos mesmo que encher as crianças com tantos brinquedos e as mães com toneladas de bibelots?

Oferecer uma experiência, um bilhete para um espectáculo ou festival, um voucher para um SPA, , uma viagem, um jantar, etc. são excelentes opções ecológicas.

 

Afinal, o que mais devemos valorizar, acima de tudo, são as memórias e o carinho de quem oferece, não concordam?

 

De qualquer modo, tenho andado a fazer o trabalho de casa. Seleccionei várias sugestões de prendas que irei apresentar na próxima semana.

Espero que continuem a seguir este tema.

Ho-Ho-Ho! Boas poupanças! 

 

(Nota final: para a cusca que foi tentar saber o presente que irá ganhar este ano, acho que já percebeu que a coisa está preta... mas pode sempre escolher outra cor para as meias e cuecas...)

 

Podem ver mais posts da rubrica "Como eu poupo" aqui: 

Como eu poupo 

Como eu poupo...na cozinha

Como eu poupo...nas compras

Como eu poupo...na roupa

Como eu poupo...nas férias

Como eu poupo...no tratamento da roupa

Como eu poupo...no regresso à escola

Como eu poupo...na casa-de-banho

2 comentários

  • Imagem de perfil

    A 3ª face 08.11.2018

    Super-organizada, assim é que é!
    Agora só fico a torcer para que o Continente se engane na tua encomenda, outra vez.
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.