Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A 3ª face

Sex | 09.11.18

Desafio das 52 semanas: Lembra-me a minha adolescência

gabriela.jpg

O entusiasmo que as pessoas de todas as gerações têm pelas séries, sobretudo da Netflix.

Há uns aninhos atrás, é esta ansiedade que Portugal inteiro sentia pela Gabriela, a primeira novela a que o país assistiu.

Com umas pequeninas diferenças, como é óbvio. Dantes, era muito melhor!

 

Se não visses o episódio do dia, morria um pedacinho de ti, porque jamais o voltarias a recuperar. Acho que foi nessa época que os portugueses descobriram a palavra pontualidade…

 

Depois os nervos, senhores…a gente ficava um dia inteiro para saber o beija, não beija…A vocês, basta clicar no episódio seguinte.

 

E o ecrã? Quase com tantas polegadas de profundidade como de diagonal.

Mas já era a cores. Ou melhor, tinha uma cor. A do papel celofane com que a tv estava forrada. Isso sim, era tecnologia de ponta!

E ninguém precisava de comentar os episódios nas redes sociais. Tínhamos a rede de vizinhança, com muito mais velocidade de informação e fibra.

 

Aliás, na minha rua, só eu é que tinha a magnífica televisão a cores.

De modo que todas as vizinhas, à hora da novela, me entravam pela casa adentro, ocupavam os seus lugares no meu sofá e comentavam o episódio em live streaming. Incluindo a mais velhinha, que sofria de incontinência urinária e que nos obrigava a desinfectar a maravilhosa napa cor de mármore no final do serão.

Da próxima vez que estiverem na caminha, de portátil no colo, a ver a série do momento, pensem no que estão a perder…

 

Voltando ao entusiasmo e à Gabriela, foi ali que surgiu a igualdade entre os sexos. É que os homens gostavam tanto (ou ainda mais) da novela do que as mulheres. Vá-se lá saber porquê.

 

Resta-me falar no culto. Agora vocês têm funkos e wallpapers no smartphone com o grafismo da série .  O que é que é isso comparado com a nobreza dar o nome de uma personagem à  própria filha?

Se conhecerem alguma Malvina com cerca de 40 anos…saibam que foi concebida minutos depois daquela frase tão sensual  “Sapato não, sô Nacib”!

 

20817683_bPD0p.jpeg

Nesta TAG participam para além de mim a Ana, a Ana Paula, a Catarina, o Carlos, a Carlota, a Charneca em Flor, a Daniela, a Desarrumada, o David, a Fátima, a Gorduchita, a Happy, a Hipster Chic, a Isabel, a Mãe A, a Mariana, a Maria Mocha, a Marquesa de Marvila, a Mimi, a Paula, o P.P, a Sweetener, a Sofia, a Tatiana, a Tita e o Triptofano

 

11 comentários

Comentar post