Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A 3ª face

Ter | 20.03.18

Eu sabia...não era preciso ser um médico a dizer!

 

 

"O maior risco é a falta de respeito que se tem pelo sono. Em Portugal, ainda não se valoriza o sono como algo essencial para o nosso bem-estar e a nossa saúde"

 

sono.jpg

A propósito do Dia Mundial do Sono, o Dr. Joaquim Moita alerta-nos para o nosso modo de vida e os riscos da falta de respeito pelo sono. De leitura obrigatória, aqui.

Às vezes, em nome de outros prazeres (saídas à noite, corridas matinais, sucesso profissional), descuramos as necessidades homeostáticas mais básicas.

O meu corpo sabe-o bem. Noite mal dormida é sinal de ritmo cardíaco acelerado e náuseas, para além do mau humor. 

As necessidades de sono variam de pessoa para pessoa e não vale a pena ignorá-las. Eu preciso de 7 a 8 horas de sono e tento respeitá-las (embora nem sempre consiga). 

 

Se assim é, hei-de morrer saudável!

 

(Nota: este post não se aplica às recem-mamãs e papás que me estão a ler. A esses, a minha solidariedade...)

 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    A 3ª face 21.03.2018

    Eu sei! Ainda me recordo da minha fase zombie ...
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.