Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A 3ª face

Seg | 26.08.19

Experiências com o meu novo brinquedo

 

A Natureza é tão imperfeita!

Em vez de  nos dar um limão 365 dias por ano, por exemplo, dá-nos umas centenas em dois meses.

E os tomates, então? Até parece que a vergonha é contagiosa e eles coram todos ao mesmo tempo.

 

Por essas e por outras, é que tomei coragem e desembolsei  uns  trocos para comprar um desidratador, conforme expliquei aqui.

 

É que todos os anos se desperdiçam, aqui em casa, muitos produtos que poderiam ser conservados para consumir mais tarde.

 

Ou simplesmente, para não comprar no supermercado, embalado em plástico, por exemplo.

 

E a brincar a brincar, já consegui desidratar, com sucesso, alguns alimentos.

 

 

LIMÕES

 

Foi a minha primeira experiência, pois os limões estavam em risco de se estragar.

Cortei-os em fatias finas e lá estiveram a uma temperatura de 70º , durante 16 horas (fui prolongando até achar que estavam no ponto).

IMG_20190720_155756.jpg

 

  

MAÇÃ

 

A preparação da maçã dá algum trabalho.

Retiro-lhe o caroço e fatio-a na mandolina. Entretanto, vou salpicando com sumo de limão, para que não oxide.

Já me apercebi que o tempo de desidratação é muito variável, conforme a percentagem de água: umas levaram 8 horas e outras apenas 6.

Com ou sem canela, é um snack perfeito.

 

IMG_20190825_233233.jpg

 

TOMATE CHERRY

 

A preparação é rápida: basta cortar ao meio.

Depois é paciência de chinês alentejano: foram 20 horas à seca. Literalmente.

O tomate não fica completamente seco e deve ser conservado em azeite.

Eu fiz uns frascos com manjericão e outros com orégãos, para dar um toque especial.

 

IMG_20190825_233124.jpg

 

DICAS QUE APRENDI:

 

- Lavar e secar os alimentos antes de os preparar;

 

- É importante consultar a tabela mas os tempos e temperaturas são variáveis.

Nestes casos, usei apenas os 70º;

 

- Convêm ir alternando a posição dos tabuleiros para garantir a desidratação homogénea;

 

- Deve-se virar as fatias mais ou menos a meio do tempo, para que não agarrem ao tabuleiro. No caso das maçãs, é fundamental.

 

E em breve, seguem os coentros e a salsa, que é coisa que por vezes falha, sem necessidade.

2 comentários

  • Imagem de perfil

    A 3ª face 26.08.2019

    Sim, vou poupar bastante com o desidratador.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.