Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A 3ª face

Sex | 09.02.18

Fiz o meu próprio desodorizante (comprometo-me a reduzir a minha pegada ecológica #15)

receita_desodorante_natural_sem_aluminio_bicarbona

(imagem retirada da net, porque me esqueci de fotografar o meu e já está de resto)

 

Após a participação da minha filha no workshop dinamizado pela Tutisfore, na Maria Granel (que falei aqui), experimentámos a receita do desodorizante e temos estado a usá-lo há duas semanas.

Não há desperdício de embalagens porque reutilizamos boiões antigos. Não há produtos químicos tais como parabenos, triclosan, ftalatos e propilenoglicol, que por vezes agridem a nossa pele e que têm impacto no ambiente. E utilizamos ingredientes que, normalmente, temos na cozinha.

 

RECEITA é bem simples e rápida:

 

- 4 colheres de sopa de óleo de coco

- 2 colheres de chá de bicarbonato de sódio

- 5 gotas de óleo essencial, opcional (eu usei alfazema)

 

O óleo de coco deverá estar amolecido para facilitar a mistura mas não deve estar líquido, para evitar que, durante o arrefecimento, o bicarbonato se concentre no fundo.

Misture muito bem os ingredientes com uma colher até ter uma mistura homogénea, garantido que o bicarbonato esteja bem envolvido no óleo de coco.

Coloque num recipiente com boca larga, para facilitar o uso. O desodorizante deverá ser aplicado com o dedo.

Também poderá utilizar uma embalagem vazia de stick e reutilizá-la. Porém, deverá ter a noção de que, com temperaturas quentes, o óleo poderá ficar quase líquido e escorrer para fora da embalagem. Nesse caso, convirá conservá-lo no frigorífico.

 

Agora a AVALIAÇÃO:

 

EU tenho estado a usá-lo diariamente e estou completamente satisfeita! Controla-me o odor da transpiração, mesmo durante o exercício físico (lembram-se do meu sábado passado? O desodorizante esteve à altura do esforço) e a minha pele está impecável.

 

Já a MINHA FILHA, embora goste do resultado, sente que a pele reage mal quando o coloca, provocando-lhe um ligeiro ardor.

Sei que há peles mais sensíveis ao bicarbonato. E como ela está a fazer depilação definitiva, talvez exista alguma relação.

 

POR ISSO:

Pesquisei receitas alternativas  (mas fáceis) para experimentar. Encontrei, no blog do SENTE SENAS  uma receita parecida, que contém farinha Maizena e óleo de amêndoas doces, que irei experimentar e transcrevo aqui:

  

"- 5 colheres de sopa de óleo de coco
- 1 colher de sopa de óleo de amêndoas doces
- 3 colheres de sopa de amido de milho (tipo Maizena ou, de preferência, de marca nacional)
- 3 colheres de sopa de bicarbonato de sódio (em pó fino)
- 12 a 15 gotas de óleo essencial de alecrim (opcional)

Abaixo dos 25ºC, o óleo de coco está sólido, pelo que será preciso amorná-lo em banho-maria para o derreter ligeiramente e facilitar a mistura com o amido de milho e com o bicarbonato de sódio. Quando já está meio sólido (para evitar a separação dos ingredientes), colocar numa embalagem, de preferência a reutilizar.  No tempo quente, o desodorizante fica líquido, pelo que o melhor é guardá-lo no frigorífico, e tirá-lo algum tempo antes de utilizar.  A inclusão de óleo de amêndoas doces  amacia o desodorizante no inverno. "

 

O blog da loja tem outras receitas de produtos naturais fáceis de fazer, pelo que vale a pena espreita-lo aqui.

 

12 comentários

Comentar post