Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A 3ª face

Qui | 07.05.20

Mais um passo na poupança e no desperdício zero

Agora faço iogurtes caseiros

IMG_20200427_122537.jpg

 

Quando investi na compra da máquina de fazer pão, tinha mesmo intenção de potenciar o seu uso porque este electrodoméstico faz mais coisas para além do pão nosso de cada dia.

 

Depois de uma ida ao supermercado, onde comprei um iogurte natural, decidi fazer a experiência.

Foi um sucesso cá em casa e já hoje deixei uma nova fornada a fazer.

Com a compra de um simples iogurte, posso agora confeccionar este alimento indeterminadamente.

 

A receita é bem simples:

Coloquei um litro de leite e um iogurte natural  (aproximadamente com 100 gr) na máquina e seleccionar o programa iogurte.  

Ter em atenção que a gordura do leite e do iogurte deve corresponder. Eu faço com leite meio gordo e iogurte meio gordo.

Ao fim das 8 horas em que dura o programa, retirei o iogurte da cuba e adocei com agave, por ser mais fácil de misturar.

 

À parte, triturei alguns frutos vermelhos e adicionei a metade do iogurte.

Enchi 9 boiões de vidro que andavam guardados no sótão há quase 20 anos (eu sabia que um dia conseguiria fazer iogurte caseiro!) e deixei arrefecer.

Finalmente, tapei com folha de alumínio e esperaram no frigorífico durante 24 horas.

Depois…misturamos granola, canela, morangos…o que calhar!

 

 

IMG_20200427_152635.jpg

 

 

Ultimamente, tinha reduzido a compra de iogurtes porque não vou tantas vezes ao supermercado e corria o risco de não os consumir no prazo de validade. O problema foi resolvido.

Só tenho de ter cuidado para que fique sempre um iogurte natural de reserva, para "reprodução".

Estou a poupar ainda mais.

E a desperdiçar ainda menos.

 

Amanhã continuo as experiências: vou fazer iogurtes de soja!

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.