Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A 3ª face

Ter | 26.01.21

O amor nos tempos de Covid

heart-1213475_640.jpg

 

Ele esperou por ela um pouco mais acima.

Estendeu-lhe a mão.

Ela agarrou-a, levantou-se e foi.

Dançam agora os dois, pés ligeiros a pisar as nuvens (sorridentes e aconchegados, como há sessenta anos atrás, nos bailaricos da aldeia, quando se apaixonaram), indiferentes à dor dos filhos e dos netos.

É que as lágrimas caem no chão. Não sobem ao Céu!

 

Em homenagem aos casais que têm partido com poucos dias ou horas de diferença, vítimas de Covid (conheço alguns)

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.