Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A 3ª face

Ter | 19.11.19

O pinheiro e o bombeiro

 

74583677_1123590614512751_2718018092759252992_o.jp

 

Mais do que fazer a árvore de Natal, as minhas memórias prendem-se com a busca do pinheiro perfeito.

Era uma altura em que o Alentejo só estava cravado de vedações onde existia gado e podíamos pisar a vastidão dos campos.

Eu ia com o meu pai no carro, munidos de um machado, para os pinhais que estavam a ser desbastados. Procurávamos um ramo recentemente cortado ou, à falta de melhor, o meu pai cortava um que sabia que iria ser cortado.

E durante um mês, a minha casa cheirava a pinho, a resina, a natureza…

 

Recentemente, a starup Rnters teve uma ideia brilhante: alugar pinheiros e ajudar os bombeiros portugueses.

A iniciativa - Pinheiro Bombeiro - permite, durante o período de Natal, alugar pinheiros de Natal verdadeiros.

Os pinheiros provêm de desbaste da zona de Coruche, que são cortados de forma a manter o terreno limpo e prevenir incêndios, pelo que, ao  ter um em tua casa, estamos a contribuir, de algum modo, para evitar a disseminação de incêndios, a prevenir o combate ao fogo e a dar-lhe uma nova vida!

O “aluguer” de cada pinheiro tem o custo de 20 €, sendo que 5€ revertem para a compra de material profissional para o combate a incêndios, a oferecer a corporações de bombeiros.

O suporte do pinheiro também é natural e pode-se ainda adquirir enfeites de madeira, personalizáveis.

pines1-25afec1ebdcb0f2d58e2186b6930ff9ff1d9a539cad

 

naturais-min-3cd1c5ba70b2b91b67f1450620a8c6e1e19ff

 

No final do aluguer, o pinheiro é devolvido e transformado em biomassa, finalizando o aluguer e a sua utilização de forma sustentável.

 

 Os pinheiros podem ser “alugados” até 15 de Dezembro” nos seguintes locais:

 Main hub: Fábrica Braço de Prata

 Morada: R. Fábrica de Material de Guerra 1
1950-128 Lisboa

2ª a 6ª - 16h00 às 20h00
Sáb e Dom - 11h00 às 20h00

LX Factory

Winter Market Stylista

CCB

Cascais Christmas Village

 

Nas zonas da grande Lisboa e Porto, é possível fazer entregas em casa, embora tenha um custo adicional de 20€.

 

Terminadas as festividades, pode-se devolver o pinheirinho na Fábrica Braço de Prata, entre 4 e 5, e, 11 e 12 de Janeiro.

 

Por isso, se ainda não tem árvore de Natal, não compre. Adira a esta iniciativa e dê uma prenda aos bombeiros portugueses.

9 comentários

Comentar post