Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A 3ª face

Qui | 21.05.20

"O que" não poupamos

 

piggy-bank-1199762_1280.jpg

 

Atenção!

O que vou expor não é fraude nem ilegalidade.

É tão só um alerta para prevenir distracções no momento do pagamento de compras online, quando aproveitamos descontos acumulados em aquisições anteriores.

 

Ora cá vai:

Há uns tempos, comprei uns livros numa famosa livraria online, aproveitando uma promoção de acumulação de saldo no valor de 50% da despesa, a utilizar em futuras encomendas.

O período de caducidade desse saldo era relativamente curto e está a terminar.

Ontem, fui simular uma compra, já a pensar no próximo Natal, para conseguir aproveitar o dinheiro poupado e ver se poderia acumular com o saldo que tenho em cartão.

É possível, sim!

Coloquei no cesto de compras alguns livros que estão agora com preços mais reduzidos e fui seguindo os passos.

Só mesmo antes de clicar para proceder ao pagamento me apareceu o valor total.

Até aqui tudo bem.

 

Porém, verifiquei que, ao adicionar o tal saldo da campanha anterior, os livros retomam o valor real, sem redução de preço.

É o que se chama dar com uma mão e tirar com a outra!

E se eu estivesse distraída, teria comprado livros sem qualquer tipo de poupança.

 

A táctica não é nova.

Várias lojas online praticam este tipo de estratégia: fazem promoções com acumulação de saldo em cartão mas que não pode ser usado nos produtos com desconto (e há algumas que têm os produtos todos com desconto) ou então só em compras superiores a um determinado valor.

 

Muitas vezes, julgamos que estamos a poupar e caimos, simplesmente, na rede das falsas poupanças.

 

Fiquem sempre alertas!

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.