Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A 3ª face

Qua | 02.10.19

Ou eu ou o meu dinheiro (a poupança em ditados #1)

 

Se ainda não plantaste uma árvore das patacas na horta vertical da varanda ou és desprovido de pais ricos, não há como fugir ao dilema: ou pagas...ou fazes!

 

A escolha parece fácil. Se quero poupar, faço!

Todavia... o nosso tempo também tem um valor e às vezes esquecemo-nos de o contabilizar. Nalgumas situações, pagar pode sair mais barato do que afectarmos o nosso tempo, que poderia ser economicamente mais valorizado noutra actividade.

Mas acredito que estas situações são raras. E o prazer de fazer com as próprias mãos junta-se à economia de dinheiro (e redução do desperdício).

 

POR EXEMPLO:

 

Quem frequenta ginásios ou segue perfis de desportistas, já terá percebido que as compridas sweats (à moda da Carolina Deslandes) já passaram de moda.

O "must have" são as crop tops, peças mais curtas, normalmente acima da linha do umbigo.

 

IMG_20190928_170722.jpg

 

Pois por estes dias, a minha filha também quis um. Mas trouxe a solução. Entregou-me uma sweat  usada e pediu que a transformasse.

 

Não é difícil e aproveito para deixar alguns truques que podem dar um toque profissional ao trabalho (também válidos para fazer bainhas de calças, por exemplo).

 

IMG_20190928_170124.jpg

 

Para quem não tem muita prática, é difícil fazer uma costura perfeitamente paralela ao vinco.

Para facilitar, eu uso umas peças com íman onde a bainha encosta e que impede a costura de entortar. Um elástico grosso, colocado no mesmo sítio também serve perfeitamente.

 

IMG_20190928_165859.jpg

 

E para dar um acabamento profissional, fiz uma costura dupla fingida, com um ponto mais largo (3 ou 3,5).

Ora esta é a maior dificuldade.

Nas fábricas, estas costuras são feitas com agulhas duplas que costuram ao mesmo tempo, que eu não tenho.

Mas uso um calcador que me ajuda a fazer uma linha paralela perfeita: basta acertar um traço na 1ª costura e alinhar por aí.

E quem usa uma máquina de coser sabe muito bem que o calcador costuma empancar na zona da costura perpendicular, onde o tecido tem mais volume.

O truque é colocar um pedaço de feltro, de eva ou um tecido dobrado na traseira do calcador para nivelar.

 

IMG_20190928_165751.jpg

 

Este é um exemplo de aproveitamento e transformação de uma peça de roupa a custo zero.

 

Quantas outras coisas poderemos fazer em vez de comprar?

 

OBS: apresento as minhas desculpas por não mostrar a evolução do trabalho mas não me ocorreu fotografar. A minha filha é que sugeriu posteriormente que o utilizasse num post.

 

 

 

 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    A 3ª face 03.10.2019

    Ai, ai, não me roubes os ditados!
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.