Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A 3ª face

Sab | 03.03.18

Sai um cafezinho desperdício zero, sff (Comprometo-me a reduzir a minha pegada ecológica #18)

cafe zero.jpg

Finalmente, o meu kit de cápsulas reutilizáveis chegou. Veio da China, é certo, mas por aqui não encontrei similar, a preços minimamente comportáveis (há cápsulas de inox no mercado português mas eu não as consigo comprar).

Doravante, os meus cafés serão desperdício zero: basta encher a cápsula com a colher-medida (uma e meia, para um café forte), fechar e colocar na máquina. A minha é marca Continente e a tiragem do café sai perfeita. Presumo que nas outras máquinas, também funcione bem.

Depois, é só despejar as borras de café e reutilizá-las: ou nos vasos das plantas, ou na horta, ou para composição de cremes naturais. No meu caso, vou utilizá-las para fazer creme esfoliante anti-celulítico (depois partilho a receita e a avaliação).

E o que vai para o lixo? Zero!!! Irá mais tarde para reciclagem a embalagem de café moído mas em nada se compara com os quilos de cápsulas (e as centenas de euros) que eu desperdiçava...

As cápsulas de café foram uma invenção fabulosa, que nos veio permitir poupar tempo e trabalho, daí a sua popularidade em tão pouco tempo. Todavia, são um dos grandes flagelos da actualidade, no que respeita ao desperdício de plástico. De tal forma, que o governo das Baleares se prepara para proibir o seu uso a partir de 2020. 

Na minha opinião, deveriam ser as marcas a avançar com alternativas às cápsulas actuais, oferecendo, ou mesmo vendendo, cápsulas reutilizáveis. 

Ou, então, cabe-nos a nós, consumidores, pressionarmos as marcas para encontrarem soluções mais ecológicas!

38 comentários

Comentar post

Pág. 1/2