Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A 3ª face

Qui | 16.08.18

Sobre a coerência

 

Até ao próximo dia 8 de Outubro, está patente, no MAAT, a exposição "Eco-Visionários": 

Na primeira colaboração do MAAT com vários museus europeus, o projeto Eco-Visionários: Arte, Arquitetura após o Antropoceno centra-se em práticas correntes que propõem visões críticas e criativas face às transformações ambientais que afetam o planeta. Num momento em que as alterações climáticas se fazem sentir de modo mais premente, Eco-Visionários lança o debate sobre um vasto panorama de questões associadas ao Antropoceno – a designação recente de um novo período geológico definido pelo impacto das ações humanas.Com contributos de mais de 35 artistas e arquitetos, a exposição em Lisboa é a primeira e mais abrangente das quatro mostras que surgirão em paralelo em Portugal, Espanha, Suíça e Suécia.

Como facilmente se percebe, a exposição é um alerta sobre o impacto do comportamento humano na ambiente, o desperdício e as alterações climáticas.

Para divulgar a exposição junto do público, não foram utilizados recursos materiais, tais como papel, outoors ou folhetos.

A publicidade está a ser feita por boca, olhos nos olhos, por jovens que abordam as pessoas na rua, inter-agem, divulgam e sensibilizam para o problema, como podemos comprovar neste vídeo.

 

É inevitável comparar esta estratégia de publicidade "Desperdício Zero" com o "Climate Change Porto Summit", o tal evento sobre alterações climáticas em que Obama participou e quase se atolou em plástico até ao pescoço (podem reler o meu post aqui).

 

Parabéns pela iniciativa MAAT!

Acho que é a isto que se chama "COERÊNCIA"...

 

 

 

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.