Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A 3ª face

Ter | 06.08.19

Sobre Levar e Deixar Voar

balão.jpg

 

Ainda me lembro do primeiro dia em que levei o meu filho à ama.

Ia frente a mim, coladinho ao meu peito, talvez demasiado apertado pela saudade das horas seguintes. (Não fosse já estar vacinada da mana, e os olhos voltariam a ficar inchados por tanta água transbordada).

 

Depois, ao fim de três anos, fomos lado a lado,  enquanto saltitou os degraus da pré-escola. Levei-o de mãos dadas e acho que foi ele que me amparou no embate desta nova fase.

 

E num ápice, já estava eu à sua frente, no passeio da escola primária, carregando-lhe a mochila enquanto ele, logo atrás, ia brincando com os amigos (isto de levar quase todos os colegas da pré pra o 1º ciclo é uma dádiva das terras pequenas).

 

Hoje, estou a levá-lo de novo.

Sinto-o a pairar a cima de mim, como se fosse um balão apenas preso por um fio bem fino.

Vou deixá-lo à porta do Meo Sudoeste, entregue a si e aos amigos.

Desta vez não entro (será que me deixam ficar 6 dias agarrada à rede?)

 

Um dia ela voa, sempre soube.

O dia chegou depressa demais.

Mas estou aqui para o levar e vê-lo voar.

 

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.