Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A 3ª face

Qua | 13.02.19

Ganhar a reciclar

A 3ª face
    O ano começou com a febre do destralhe e da arrumação. Ainda bem. Todos acumulamos em casa muitas coisas que não nos fazem falta. Nomeadamente roupa.  Se está em boas condições, podemos sempre doá-la ou tentar vender (no olx, por exemplo). E a que já nem para esfregões serve, que lhe fazem?   Já há alguns anos que a H&M mantém um programa de reciclagem de roupa. Este é um bom exemplo de economia circular: em vez da roupa velha ir para a aterros, é reutilizada (...)
Qui | 07.02.19

Ecoponto no escritório

A 3ª face
  Quero acreditar que já todos reciclamos em casa. Que separamos os resíduos e os depositamos no ecoponto.  Eu faço-o.    E no trabalho? No meu caso, trabalho num gabinete partilhado com vários colegas. Durante o dia, todos petiscamos: um iogurte, um pacote de bolachas ou outro snack embalado em plástico. Há quem compre garrafas de água quase todos os dias. Quando posso, coloco os meus resíduos dentro da mala e levo-os para casa. Mas um frasco de iogurte sem tampa, por exemplo, (...)
Ter | 05.02.19

Waste App - acabaram-se as desculpas para não reciclar

A 3ª face
  Sabe aquele pequeno electrodoméstico que desconhece onde colocar? Ou as cápsulas de café que vão para os indiferenciados? E os CDs e DVDs que destralhou? Ou onde pode doar óculos, livros, roupas e outros bens que já não necessita?   A Waste App é uma aplicação desenvolvida pela Quercus e indica-nos o local mais próximo onde colocar os vários tipos de resíduos para reutilização ou reciclagem.    De utilização muito intuitiva, basta escolher o tipo de resíduo e (...)
Seg | 19.11.18

Como reciclar materiais mistos?

A 3ª face
  Não sei se também costumam ir ao Lidl e aproveitar para trazer umas bolinhas de pão e uns pastéis de nata. Eu sim. Mas ao fim de umas horas minutos, quando o saco fica vazio, onde o colocam? É que esta embalagem tem materiais mistos: papel e plástico. E é impossível separá-los. Tal como os envelopes de encomendas, almofadados com bolinhas de plástico anti-stress. E algumas embalagens de bolachas…de cremes…de brinquedos…   Passei muito tempo com a tal dúvida (...)
Sex | 20.10.17

Dá-me tampas (Comprometo-me a reduzir a minha pegada ecológica #5)

A 3ª face
Quantas tampinhas consegue descobrir na imagem????   Quero crer que a recolha de tampinhas para projectos solidários já se tornou um hábito dos portugueses. Há municípios, juntas de freguesia e associações em todo o país que recolhem e vendem as tampas de plástico para reciclagem, transformando o dinheiro das vendas em equipamentos médicos e ortopédicos (normalmente, cadeiras de rodas).   Sabemos exactamente que tampinhas separar?  As tampinhas devem ser obrigatoriamente de (...)
Sex | 13.10.17

Reciclar bem e a terapia anti-stress (Comprometo-me a reduzir a minha pegada ecológica #4)

A 3ª face
  Já se apercebeu do espaço vazio que enche os ecopontos? Se em casa, as embalagens de plástico, os garrafões de água, as caixas de cereais e de bolachas enchem tão rapidamente os nossos sacos de reciclagem, imagine o espaço desaproveitado dentro dos contentores do ecoponto! A verdade é que andamos a atafulhar desnecessariamente esses contentores, deixando menos espaço para os outros resíduos a depositar, o que torna o sistema de recolha pouco eficiente.   É por isso que eu (...)
Qui | 12.10.17

Empresas com consciência ambiental

A 3ª face
Gosto que as empresas a quem dou dinheiro a ganhar demonstrem consciência ambiental. Recentemente, fiz uma encomenda online e a embalagem que hoje recebi demonstra bem esta preocupação pela utilização de matéria reciclada e pela defesa ambiental.  Surfdome, acabaram de ganhar uma fiel cliente! 
Sex | 06.10.17

Comprometo-me a reduzir a minha pegada ecológica #3: fazer da farmácia um ecoponto

A 3ª face
    Sou só eu que acumulo medicamentos que já não uso, à espera da próxima doença? O certo é que vão ficando a ocupar espaço e quando dou conta, já passaram de prazo há mais de um ano. Esta semana, resolvi inspeccionar a prateleira e retirei várias embalagens. Vão para o lixo? POR FAVOR, NÃO!!! Os medicamentos não podem ser despejados no lixo doméstico ou no esgoto porque contêm substâncias químicas que contaminam gravemente o solo e a água. As farmácias têm (...)