Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A 3ª face

Sab | 12.01.19

Tarde no "Squitório"

A 3ª face
 Há Sábados que parecem não ter fim.O dia solarengo entra-nos pela janela logo de manhã e os raios  de sol espelham-se no pavimento.Os pêlos da cadela brilham ainda mais que o normal e decides não perder tempo.Agarras-te ao tubo do aspirador e ao cabo da esfregona e limpas.E depois fazes o almoço e começas a preparar o jantar.Estendes a roupa, arrumas a cozinha e preparas o jantar mais cedo, que hoje é dia do marido levar marmita para 3 dias.A lareira já crepita mas tu sobes as (...)
Sex | 11.01.19

DE CORAÇÃO A TRANSBORDAR

A 3ª face
Advertência prévia: se o vosso écran estiver molhado, não se admirem. Provavelmente são lágrimas minhas...ou baba. Quanto a vocês não sei.Mas eu vivo aqui, no blog, um mundo paralelo.Enquanto tive um dia de trabalho caótico, a blogosfera fez-me derreter com tanto carinho. Pois hoje foi dia de follow friday.E embora isto não tivesse sido visível na homepage do SapoBlogs (vá-se lá saber porquê), recebi dois três destaques com textos tão bonitos que me fizeram chegar às (...)
Qui | 03.01.19

Dezasseis...

A 3ª face
  Nem todos os nascimentos têm tempo para grandes emoções.Alguns poderiam ser argumentos de um filme cómico sobre maternidade.E o teu foi mais ou menos assim.Pedi que não nascesses no Natal nem no Ano Novo.Imagino que deve ser triste para uma criança não ser o rei da sua festa. E ter de dividi-la com o Menino Jesus ou com um ano novo qualquer, que ainda por cima nunca é o mesmo. Há 16 anos, a passagem de ano foi na nossa casa.Fartámo-nos de trabalhar.Preparar o jantar, a ceia, (...)
Ter | 01.01.19

O meu Reveillon de sonho

A 3ª face
 Desde que me conheço como gente, que sempre celebrei o Ano Novo em festa.Quando era pequena, ia com os meus pais para a sociedade recreativa cá do burgo.Bailarico, correrias, comidinha boa, caldo verde. E depois ajudar a limpar a sala... Claro que, assim que pude  me deixaram (depois de derramar rios de lágrimas), juntei-me ao grupo dos amigos para as festas privadas. Em garagens, casas de amigos (sem adultos,obviamente), salões de festas só para nós.Acho que todos passamos por (...)
Sex | 28.12.18

Desafio das 52 semanas: um final surpreendente!

A 3ª face
 Acho que todos conhecem a sensação de pegar num livro e decidir ler um capítulo por dia. E quando se dão conta, já o devoraram e estão a voltar a última folha.Pois isto correu mais ou menos assim: uma manhã eu decido aderir a um desafio que iria durar 52 semanas.E no final da tarde, reparo que estou a responder ao último desafio.Não percebo como. Acho que mais me marcou foi, de facto, a voracidade com que os dias se passaram.Que fez com que os acontecimentos trágicos se vão (...)
Sab | 15.12.18

Last call para o Sunshine Blogger Award

A 3ª face
  Diz o ditado que mais vale tarde que nunca.E vou acreditar (porque me dá jeito) que é verdade.A Fátima, do blog Porque eu Posso  nomeou-me há tanto tempo para este desafio que já nem se vai lembrar quando receber o link.Obrigada por isso, minha querida! Mas aqui vão as respostas às questões que me colocou:  01. Qual o livro que mais gostaste de ler até hoje?Adoro Isabel Allende. Acho (...)
Sex | 14.12.18

Desafio das 52 semanas: Pessoas que eu admiro

A 3ª face
 Quando era pequena, vivia na minha rua um dos maiores poetas da terra. Homem da elite cultural, admirado pela comunidade.Dele, apenas lhe conhecia as bebedeiras, os maus-tratos à mulher, os palavrões que vociferava noites dentro!Acho que foi aí que aprendi a não admirar pessoas. Que todas têm uma face de génio e outra de demónio.Eu admiro, sim, os actos daqueles que dobram as dificuldades e conquistam sonhos.E me ensinam a não desistir! Nesta TAG participam para além de mim a 
Ter | 11.12.18

Desafio das 52 semanas:Lugares no mundo que eu gostaria de conhecer

A 3ª face
  Estou deveras atrasada com o desafio. Normalmente, respondo à sexta-feira.Mas já é terça e devo-me ter perdido por aí, nalgum recanto do mundo. Aquele mundo que eu adoraria conhecer como a palma das minhas mãos.É a diversidade de culturas que nos enriquece. São as viagens que nos fazem voar.E eu, que não sou esquisita, poderia ir para qualquer lugar minimamente seguro. Se me colocassem um cheque-viagem na mão, talvez rumasse para a Patagónia.Mas o meu curtíssimo (...)