Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A 3ª face

Qui | 09.01.20

Até à última ensaboadela

A 3ª face
    Usam sabão sólido? (Caso não, está na altura da mudança, evitando o desperdício de plástico devido aos frascos de gel) O que fazem aos restinhos que já não conseguem ser usados? Espero que não os desperdicem!   Eu vou guardando. Depois coloco-os dentro de um pequeno saco de algodão e esfrego-me com ele. Mas se não tiverem uma saquinho de algodão, também podem usar um saco de mousseline ou uma meia de lycra. Convém ser um tecido fino e pouco absorvente para que o (...)
Qui | 05.12.19

Poupar no Natal #2: árvores criativas

A 3ª face
  Consta que casa sem pinheirinho não é visitada pelo Pai Natal.    Portanto, isto de não querer comprar árvore de plástico (já dei uma alternativa aqui) e produzir desperdício, não é desculpa nem para os mais poupados ou com falta de espaço. Se não acreditam, inspirem-se nas propostas que seleccionei, a custo (praticamente) zero e sustentáveis.   Para quem ama livros:     Para quem (...)
Qua | 27.11.19

Poupar no Natal #1 - coroas

A 3ª face
  Na minha casa, a tradição ainda é o que era. Montamos a árvore no dia 1 de Dezembro. Desde que os dois filhos estejam em casa, pois são eles que têm esta missão. Antigamente, apenas colocavam a estrelinha, no final, levantados pelos nossos braços porque o pinheiro de metro e meio era gigante para eles.   Nos últimos anos, as decorações da árvore são maioritariamente feitas por mim. Acabaram-se os gastos excessivos com as decorações de Natal! E acabou-se o consumo (...)
Qui | 21.11.19

Menos plástico no Natal

A 3ª face
    O Natal é das crianças. As crianças querem brinquedos. Os brinquedos são de plástico.   Não! Podem não ser. Cada vez mais, há alternativas de madeira irresistíveis. Daqueles que poderão atravessar gerações. Se julgam que os preços são elevados, acreditem que pode não ser bem assim.   O Lidl, por exemplo, a partir do próximo dia 25, vai colocar à venda uma colecção  de vários brinquedos, com preços para todas as bolsas. Não costumo fazer publicidade a marcas (...)
Qui | 03.10.19

Do poupar vem o ter (a poupança em ditados #2)

A 3ª face
  A inglesa Callie Rogers, 22 anos, ganhou quase dois milhões de libras aos 16 anos. Em sete anos, a jovem gastou quase todo o seu dinheiro , viciou-se em drogas e tentou o suicídio três vezes.   Por estes dias, andamos loucos a sonhar com o próximo prémio do Euromilhões, que teima em não sair. Mas ao longo dos anos, vamos conhecendo histórias de pessoas que ganharam prémios afortunados e perderam tudo. Cerca de um terço dos premiados da lotaria vão à falência apenas (...)
Seg | 09.09.19

A palavra que me faltava: CLIMATARIANA

A 3ª face
    A semântica tem um poder forte. Às vezes, uma simples palavra consegue dar sentido ao que sentimos e não conseguimos extravasar. Simplesmente porque não tem nome. Ora eu tenho-me esforçado arduamente por mudar os meus hábitos e reduzir a pegada ecológica. Todavia, nunca fui de extremos e fundamentalismos e não consigo, neste caso, tornar-me radical em relação a certos aspectos. Até porque acho que em todos os comportamentos extremistas, emergem sempre algumas (...)
Sab | 06.07.19

Missão Possível: reduzir o plástico #3

A 3ª face
    Continuo na saga para encontrar alternativas à película aderente (lembram-se deste post?) No mercado, já existem soluções ecológicas para tapar ou envolver alimentos: as bee wraps e as soja wax wraps. Mas são bem caras.   A técnica é simples: impermeabiliza-se tecido com cera de abelha ou de soja e um óleo vegetal (recomenda-se jojoba mas não me perguntem porquê) e o (...)
Ter | 05.02.19

Waste App - acabaram-se as desculpas para não reciclar

A 3ª face
  Sabe aquele pequeno electrodoméstico que desconhece onde colocar? Ou as cápsulas de café que vão para os indiferenciados? E os CDs e DVDs que destralhou? Ou onde pode doar óculos, livros, roupas e outros bens que já não necessita?   A Waste App é uma aplicação desenvolvida pela Quercus e indica-nos o local mais próximo onde colocar os vários tipos de resíduos para reutilização ou reciclagem.    De utilização muito intuitiva, basta escolher o tipo de resíduo e (...)
Seg | 04.02.19

Economia circular

A 3ª face
    Chamava-se bom senso: a roupa transitava para os irmãos mais novos, depois para os primos mais pequenos. No fim, fazia-se dela panos de limpeza. A água de lavar os legumes servia para regar as plantas. Os frascos tinham uma segunda vida, guardando sementes, botões, parafusos (...) Com o passar do tempo, esquecemos estes gestos e o uso único passou a dominar as nossas vidas. Deitámos no lixo uma quantidade enorme de objectos que poderiam ter sido usados por outros e cujos (...)
Sex | 01.02.19

Bio cosmética artesanal alentejana

A 3ª face
  Ainda vou a tempo de falar de prendas de Natal? E é oportuno falar do orgulho sobre o que se faz no meu Alentejo? E, já agora, posso voltar a falar sobre a redução do desperdício e do plástico? E, de caminho, cumprir resoluções de ano novo?   Na verdade, já o dia de Reis se tinha findado e eu ainda recebia presentes de Natal. Dos bons.Dos que surpreendem e me regalam.   Uma amiga ofereceu-me um pack de produtos de cosmética artesanal: creme de mãos, hidratante labial e (...)